Saiba todas as datas para entregar o IRS dentro do prazo

Desde Março que os cidadãos a viver em Portugal estão a entregar o IRS no balcão das Finanças ou via Internet. Todavia, nem todas as situações correspondem às mesmas datas de entrega. Confira, em baixo, quando deve entregar o IRS.

O que é o IRS?

É o Imposto sobre o Rendimento de Pessoas Singulares. Dito por outras palavras, abrange o que as pessoas ganharam ao longo do ano. As empresas também são obrigadas a prestar contas ao Estado, sendo este imposto denominado por IRC (Imposto sobre Pessoas Colectivas). 

Quando entregar o IRS?

Esteja atento às datas para entregar o IRS. Se não cumprir, corre o risco de pagar uma multa.

Prazo para entregar o IRS em papel

– 1ª fase: De 1 a 31 de Março, devem entregar todos os cidadãos com rendimentos referentes às categorias A e H;

– 2ª fase: De 1 a 30 de Abril, é obrigatório entregar o IRS com todos os restantes rendimentos, ou seja, categorias.

Prazo para entregar o IRS via Internet:

– 1ª fase: De 1 a 30 de Abril, as pessoas com rendimentos correspondentes às categorias A e H devem entregar o IRS;

– 2ª fase: De 1 de Maio a 31 de Maio todos os restantes rendimentos (categorias) são forçados a entregar o IRS.

Mudanças para entregar o IRS em 2016

No próximo ano haverá alterações para entregar o IRS, isto é, deixará de haver prazos diferentes para quem entrega em suporte de papel e para quem entrega pela Internet. Anote já os seguintes prazos para não se esquecer:

– De 15 de Março a 15 de Abril, devem entregar o IRS os contribuintes com vencimentos correspondentes à categoria A e H, ou seja, trabalho dependente e pensões;

– De 16 de Abril a 16 de Maio, são obrigados a entregar o IRS os restantes rendimentos (categorias).

Agora que conhece os prazos deste e do próximo ano, já não tem desculpas para não entregar o IRS dentro do prazo. Sim, porque quem entregar a declaração com mais de 90 dias de atraso, não tem direito a reclamar qualquer dedução à coleta ou abatimento.

Será necessário contratar um contabilista para salários?

O tratamento dos salários da sua empresa é um trabalho bastante importante que, por conseguinte, implica custos elevados quando feito eficazmente. Em pequenas empresas industriais (ou de serviços) que crescem rapidamente, também o staff irá crescer, o que envolverá ainda maior trabalho a nível salarial. Tendo em conta a tabela de preços dos contabilistas e os serviços de contabilidade, uma pequena empresa poderá não suportar os custos de contratar um contabilista para salários.

De facto, o maior obstáculo na questão de contratar um contabilista para salários passa pela tabela de preços dos contabilistas e pelos custos que trará para a sua empresa. Por um lado, ao contratar um contabilista para salários, irá assegurar uma maior garantia na qualidade do trabalho realizado. Existem contabilistas para salários com diferentes tipos de tabela de preços, que conseguirão processar eficazmente os salários da sua empresa. Além disso, devido à sua complexidade, será um fardo do qual a empresa se verá livre, bem como tempo extra ganho com a diminuição da carga de trabalho.

Contudo, para além da tabela de preços dos contabilistas, referentes a cada contabilista para salários, nenhum empregador se sentirá completamente satisfeito por ver informações confidenciais nas mãos de outras pessoas, o que, para além do custo, também poderá pesar na decisão de contratar contabilistas. A alternativa a um contabilista para salários pode estar simplesmente no software utilizado – actualmente, existem programas que conseguem tratar dos mais pequenos detalhes sobre tudo o que é necessário efectuar em termos contabilísticos. Comparando a tabela de preços dos contabilistas, relativamente ao contabilista para salários com os custos do software de tratamento salarial, irá encontrar uma enorme redução dos custos quando opta pela segunda alternativa. E qualquer funcionário com mínimas habilidades informáticas saberá utilizar o software. Efectuar o tratamento salarial internamente assegura à empresa a confidencialidade dos dados, o que lhe dará maior controlo sobre o que se passa na empresa. Actualmente, o software baseado em serviços da cloud permite acesso rápido e eficaz a toda a informação necessária relativa ao tratamento salarial, o que diminuirá o tempo gasto com a imensidão de papelada envolvida na tarefa de processamento.

A tabela de preços dos contabilistas podem ser o maior entrave aos seus serviços. No entanto, a sua importância continua a ser primordial para qualquer empresa, porque pode efectuar o tratamento salarial internamente e com recursos a softwares –  o que, financeiramente, pode ser o mais vantajoso para a sua empresa – mas, claramente, que não estará assegurada a qualidade tão elevada que é visível num contabilista para salários.